Profundidade de Campo

A outra definição importante da sua câmara para fotografias de natureza morta é a profundidade de campo. Trata-se da área do motivo que está focada.

A objetiva só consegue focar um plano da imagem, por isso, apenas a parte do motivo que focar ficará nítida. Contudo, há uma área à frente do plano de focagem e uma área atrás do plano de focagem que estará apenas ligeiramente desfocada. Ao olho humano, estas áreas aparentam estar nítidas. A esta área de focagem aparente damos o nome de profundidade de campo e muda consoante alteramos a abertura. Aberturas menores, f/16 ou f/22 por exemplo, proporcionam uma maior profundidade de campo; aberturas maiores, f/2,8 e f/4 por exemplo, proporcionam uma profundidade de campo mais limitada.

Outro fator que afeta a profundidade de campo é a distância entre a objetiva e o motivo. Se focar mais perto, movendo a câmara para mais perto do motivo, reduz a profundidade de campo. Normalmente, as fotografias de natureza morta são realizadas com a câmara relativamente perto do motivo. O que significa que a profundidade de campo será limitada e apenasuma pequena área à frente e atrás do ponto de focagem estará nítida.                   Tutorials_04-Image-01_DSLR_tcm121-96415750mma

Nádia Santos nº9571 Multimédia

fonte: http://www.canon.pt/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s