Cinema – Estado de Guerra (2008)

De todos os filmes de guerra já feitos até hoje, pode-se dizer que possivelmente The Hurt Locker seja o melhor, isto porque não faz discursos (seja a favor ou não da invasão).Também evita repetir os passos dos filmes que “unicamente” reproduzem combates, invasões e crimes de guerra. Ele aproxima-se de alguns filmes como: Apocalypse Now e Full Metal Jacket ao mostrar como a adrenalina e o perigo da guerra podem viciar como uma “droga”.

Mas o que o faz certamente ser diferente dos demais é o foco de sua narrativa, centrada em um grupo de soldados especializado em desarmar bombas. Ação, suspense, dramas pessoais e guerra num todo. E o resultado disso, além de manter o espectador atento durante toda a história, também é por si capaz de provocar a reflexão de forma natural.

Para mim uma boa escolha, citando também aspetos técnicos que puderam tornar este filme ainda mais interessante, como por exemplo: a edição de som, a trilha sonora, bem também como direção precisa e criativa.

Trailer:

Comunicação Empresarial  1º Ano- Marta Jorge

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s