SONY Alpha a7S “IS IT TRUE?”

Sony A7s

PT:

“Aqui partilho o pequeno clip que resultou dos testes que fiz com a Sony A7s.

As imagens foram captadas durante um final de tarde e noite, sem qualquer tipo de preparação prévia e portanto não contêm mensagem ou sentido predefinidos. As condições climatéricas, apesar de adversas, ajudaram em alguns parâmetros que queria testar. Contudo, obviamente que num dia de céu limpo, ou mesmo com algumas nuvens, teria outro tipo de luz para executar diversos e importantes testes.

Já todos estamos fartos de ler artigos e ver testes online, este é apenas mais um e vale o que vale. Contudo, testar com as minhas mãos e ver com os meus próprios olhos é sempre diferente.
Por isso esta é a minha conclusão pessoal.

Não é mentira o que se diz do seu comportamento em baixas luzes. Em boa verdade podemos levar o ISO a valores que em situações normais com uma DSLR poríamos o trabalho em sérios riscos com o aparecimento do tão indesejado ruído.
Neste teste utilizei valores de ISO que oscilaram entre os 200 e os 10.000.
Todas as imagens foram capturadas somente com a luz ambiente.
A câmara tem um dynamic range de excelente desempenho, proporcionando portanto um agradável equilíbrio entre as altas e baixas luzes. Como já referi anteriormente, poderia ter realizado outros testes de latitude se tivesse tido outro tipo de luz natural, de qualquer forma digo com toda a segurança que o comportamento da câmara é bastante positivo neste campo.
O detalhe e o recorte obtidos podem atingir índices de grande classe, se combinarmos a A7s com as lentes adequadas.
Fiquei positivamente surpreendido com o desempenho do micro incorporado que, embora não seja o ideal para um trabalho de topo, não envergonha ninguém numa situação de desenrasque. Não é comparável ao fraco som normalmente captado pelas DSLR.

Notas negativas:
Posicionamento do botão “REC” não é prático
mas talvez seja o facto de estar muito acostumado ao botão central da Canon.

A câmara é uma “comilona” de energia e a bateria “evapora-se” sem darmos conta, pelo que temos que investir em varias baterias de reserva ou numa outra solução de alimentação externa.

Conclusão final:

Tendo em conta a realidade da oferta de mercado actualmente, parece-me uma escolha bastante acertada, mas é uma câmara que precisa de ser compreendida e requer treino e conhecimento para se lidar com ela e atingir resultados de classe superior.                                                                   I. Filipa Queiroz Miranda   Nº10124

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s